O Mercado de 2010/2011 à lupa

Complicadas equações do 2º grau para Villas-Boas e Paulo Sérgio, simples divisões e multiplicações para Jorge Jesus e Domingos Paciência

Quanto ao mercado de transferências, acho que não será ele a decidir nada nesta nova época, as equipas têm tentado reforçar-se da melhor forma possível e só o futuro dirá se o conseguiram ou não! O Sport Lisboa e Benfica manteve o seu grupo e as ideias subjacentes ao mesmo, é verdade que perdeu dois grandes jogadores, Ramires e Di María, mas os princípios de jogo e as rotinas da equipa são os mesmos. Isto é algo que ajuda imenso o treinador como é óbvio, facilitando assim a preparação da nova temporada. Dos reforços da equipa encarnada o único que até agora me convenceu foi o Franco Jara, já demonstrou pormenores bastante interessantes, sendo para mim fácil de perceber que este jovem jogador tem um enorme potencial!

O Futebol Clube do Porto e o Sporting estão a atravessar momentos semelhantes, momentos de transformação, têm que assimilar novos processos e habituarem-se a novas ideias de treinadores pragmáticos e irreverentes. João Moutinho, James Rodriguez, Emídio Rafael, Valdés e Evaldo são cinco reforços - três dragões e dois leões - que me parecem ser excelentes contratações para um curto/médio prazo, ambos têm muita qualidade e isso foi bem visível nos jogos de pré-época, sendo assim, espero que eles consigam ter o seu espaço nos seus clubes, admitindo que será difícil, principalmente para Emídio Rafael que estará “tapado” pelo uruguaio Álvaro Pereira! Foi também possível notar alguma fragilidade defensiva no grande clube do Norte, quer se queira quer não, a saída de Bruno Alves será sempre um grande desfalque, mas agora só compete a Villas-Boas potenciar a sua equipa a vários níveis para que ela não note a falta deste excelente jogador!

Para terminar, tenho, naturalmente, que falar no vice-campeão português, ou seja, no Sporting de Braga, que já começou esta nova época com o pé direito, eliminando o Celtic de Glasgow da Liga dos Campeões por 4-2 no conjunto das duas mãos. A equipa bracarense está a viver um momento semelhante ao dos campeões nacionais, o treinador e a maior parte dos jogadores são os mesmos em relação à temporada passada e isso já é excelente para partir em vantagem sobre os restantes adversários. Moisés, Vandinho e Alan são três pilares desta equipa e são eles que dominam as diferentes zonas do terreno, o primeiro é um central robusto e imperial, o segundo é um médio-defensivo com um pulmão invejável e com um excelente sentido posicional e o terceiro é um desequilibrador nato, é para mim difícil de entender o porquê deste jogador nunca ter singrado num grande clube, quanto a mim ele é um dos melhores jogadores da liga portuguesa! Quanto a reforços, destaco o nigeriano Elderson e o brasileiro Leandro Salino que vai dar muito que falar, desde a época anterior que fez no Nacional da Madeira sempre me cativou com a sua forma inteligente de pensar o jogo!

6 comentários:

Delantero disse...

<> muito bem, mas eu so acho que o jj tem apenas uma conta de somar muito fácil para fazer ;)

Gostei do destaque dado ao braga,é merecido

abraço

Paulo Amado disse...

Penso que a análise ao Braga e Benfica foi bem feita, pois basicamente não sofreram muitas alterações, e as que sofreram podem ser facilmente compensadas.
Quanto ao Sporting, queiramos ou não, a saída de Moutinho irá notar-se imenso.
Em relação aos jogadores do Porto, apresento a minha crítica ao teu post.
Emídio Rafael não tem lugar por causa de ter de concorrer com o Alvaro Pereira...Ele não tem lugar porque não joga NENHUM, ou pelo menos está a acusar imenso jogar por um clube da magnitude do Porto.
O Souza pareçe-me tão bom ou melhor que Fernando, muito melhor ofensivamente, e muito seguro defensivamente.
Walter apesar de parecer um bocado...pesado...Vai ser uma surpresa!

Abraço, Paulo Amado.

T Nogueira disse...

Boas,

Ora bem, desde já obrigado pela tua crítica Paulo, pois só assim consigo aprender um pouco mais!

Quanto ao que dizes sobre o emídio eu não concordo mesmo nada contigo e adorava que o Villas-boas lhe desse muitas oportunidades durante a época para ele conseguir demonstrar o seu real valor, quando o cissokho chegou ao Porto ninguém gostava dele, mas depois olhamos para os valores da sua transferência e ficamos de boca aberta! Eu acho, sinceramente, que o emídio rafael fez uma grande época pela Académica e tem bastante qualidade, só assim se percebe o porquê do Villas-boas o ter ido buscar, admitindo claro que este treinador não é nenhum doente mental! ;)

Quanto ao Souza, concordo contigo na parte do melhor ofensivamente, já na parte defensiva o fernando dá-lhe uma goleada, o posicionamento dele dentro de campo e a sua garra na marcação estão num patamar que é de muito poucos no futebol português!

Um abraço

"O Conspirador" Mário A. Oliveira disse...

Apesar de tudo, o Benfica mantém-se forte. Creio que para além do Jara, o Gaitán também vai dar que falar. Precisa de tempo, claro. Mas tem tudo para triunfar.
O Sporting, apesar de todas as renovações, não me parece estar mais forte, bem pelo contrário. Há muitas fragilidades e parece-me que o meio-campo sofreu muito, com as saídas de Moutinho e Veloso. O rendimento do Maniche vai descer, mais tarde ou mais cedo, e não existem grandes soluções para colmatar a sua ausência.

Tiago Araújo disse...

Hoje o FCP vai mostrar ao benfica como se joga. eheheh
FORÇA FCP!

abraço

http://campeoesfcporto.blogspot.com

The Real Gwaihir disse...

Visitem:

http://oantitripa.blogspot.com/